Queixas escolares: que Educação é essa que adoece?

Autores

  • Maria Eufrásia de Faria Bremberger

Resumo

Esse texto trata da escola na contemporaneidade voltando-se principalmente para as questões relativas às queixas escolares cuja figura principal tem sido o aluno, conforme pode ser observado pela demanda presente nas clínicas-escolas de psicologia, psicopedagogia e centros de apoio educacional. Discute sobre o papel da educação, a ser promovida em várias instâncias, como um fenômeno promotor da organização, manutenção e perpetuacão da sociedade. Faz um resgaste histórico da constituição da escola,  enquanto espaço social e suas diretrizes,  que por sua vez, tem sido uma instância, submetida aos propósitos ideológicos, dos sistemas organizacionais políticos. Tece críticas ao modelo contemporâneo elaborado, à luz do sistema capitalista que prima por uma educação tecnicista culminando dessa forma num adoecimento escolar, cidadão e psicológico dos agentes que lá se encontram, alertando para o quão perigosas são as soluções prescritas pela via da medicalização.

Downloads

Publicado

2015-07-09

Edição

Seção

Artigos