Estado nutricional de pacientes com neoplasia: revisão sistemática

Autores

  • Fabricia Mantuani Wanderley
  • Renata Manchini Cardoso
  • Rafaela Liberali
  • Vanessa Fernandes Coutinho

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2011v15n4p%25p

Resumo

O estado nutricional de pacientes com neoplasia pode sofrer comprometimento que levam a conseqüências negativas para a qualidade de vida. O objetivo foi demonstrar as alterações no estado nutricional de pacientes com neoplasia através de uma revisão sistemática dos últimos onze anos, das bases de dados PubMed, Scielo e Bireme. Foram revisados 16 estudos. Quatorze estudos analisados foram realizados com avaliação subjetiva. Destes, quatro apresentaram desnutrição. Em três estudos mais de 10% dos pacientes apresentaram estado nutricional comprometido. Em seis estudos houve excesso de peso nos pacientes. Oito estudos apresentaram ASG e IMC, sendo que quatro constataram mais de 40% da amostra com excesso de peso (IMC). As principais complicações encontradas são perda de peso, anorexia, disfagia, náuseas, vômito, xerostomia, saciedade precoce, constipação, disgeusia e dor. Em conclusão, nos estudos analisados, encontrou-se altas taxas de desnutrição em pacientes com neoplasia e diferentes percentuais entre os indicados utilizados nos estudos.

Downloads

Publicado

2015-07-23

Edição

Seção

Artigos