Análise Microbiológica de Batons de Uso Compartilhado na Cidade de Juazeiro do Norte-CE

Resumo

A cosmetologia é a ciência que engloba e estuda os cosméticos, desde conceitos iniciais até a sua fabricação, tornando-se uma ciência multidisciplinar. Para garantia de um uso seguro e eficaz dos cosméticos é necessário a realização de análises para se conseguir um padrão de qualidade. Quando há indícios de contaminação por microrganismos no cosmético, diversos problemas podem ser encontrados, como a ocorrência de patologias específicas, causando altos riscos e complicações à saúde do usuário. O objetivo deste trabalho foi investigar qualitativamente através de análises microbiológicas a qualidade dos produtos cosméticos de maquiagem usados de forma compartilhada, utilizando amostras colhidas aleatoriamente em uma loja de varejo, que foi selecionada por ser de grande circulação, da cidade de Juazeiro do Norte, Ceará. Nesta pesquisa foram analisadas oito amostras coletadas durante o período de outubro e novembro de 2017. As análises que foram realizadas seguiram a Farmacopeia brasileira. Como resultado obteve-se um percentual de 87,5 % de contaminação microbiana, evidenciando a presença de Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Enterococcus sp. e Pseudomonas aeruginosa, sendo que apenas uma das oito amostras analisadas mostrou-se adequada para uso seguindo os limites de aceitação microbiológicas permitidos por lei. Baseados nesses resultados foi possível concluir que o índice de contaminação das amostras de batons que são utilizadas de modo compartilhado são potencialmente maiores. Com isso, intensifica-se a necessidade de medidas que impeçam o compartilhamento dos produtos cosméticos, com a finalidade de diminuir o risco de uma infecção coletiva.

 

Palavras-chave: Cosméticos. Uso compartilhado. Contaminação.

 

Abstract

Cosmetology is the science that encompasses and studies cosmetics, from initial concepts to their manufacture, becoming a multidisciplinary science. To guarantee a safe and effective use of cosmetics it is necessary to carry out analyzes to achieve a quality standard. When there is evidence of contamination by microorganisms in the cosmetic, several problems can be found, such as the occurrence of specific pathologies, causing high risks and complications to the health of the user. The objective of this scientific work was to qualitatively investigate through microbiological analysis the quality of cosmetic makeup products used in a shared way, using samples collected randomly in a retail store, which was selected because it is of great circulation, in the city of Juazeiro do Norte, Ceará. In this research, eight (8) samples collected during the period of October and November 2017 were analyzed. The analyzes that were carried out followed the Brazilian Pharmacopoeia. As a result, a percentage of 87.5 % of microbial contamination was obtained, showing the presence of Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Enterococcus sp. and Pseudomonas aeruginosa, with only one of the eight samples analyzed being suitable for use following the limits of microbiological acceptance allowed by law. Based on these results it was possible to conclude that the contamination index of the lipstick samples that are used in a shared way are potentially higher. As a result, the need for measures to prevent the sharing of cosmetic products is intensified, in order to reduce the risk of a collective infection.

 

Keywords: Cosmetics. Shared Use. Contamination.

Biografia do Autor

Rafael de Carvalho Mendes, Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro de Nortes. CE, Brasil.

Farmacêutico, Mestre em Microbiologia Clínica (UFC). Professor de Tempo Integral da Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro de Nortes (ESTÁCIO-FMJ)

Publicado
2021-02-18
Seção
Artigos