Rede de Apoio à Saúde e sua Interface com Adolescentes que Autorrelataram Sofrer Agressão Física por um Adulto da Família nos Anos de 2012 e 2015: Estudo Seccional em Fortaleza, Ceará, Brasil

  • Chiara Lubich Medeiros de Figueiredo Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. CE, Brasil. http://orcid.org/0000-0002-0302-3289
  • Rosa Maria Salani Mota Universidade Federal do Ceará. CE, Brasil.
  • Raimunda Hermelinda Maia Macena Universidade Federal do Ceará. CE, Brasil.

Resumo

Existe associação entre o autorrelato de agressão física por adulto da família e a Rede de Apoio a Saúde em escolares do 9º ano do Ensino Fundamental? Objeiva-se verificar a associação entre relato de agressão física por adulto da família e Rede de Apoio a Saúde (RAS) em escolares do 9º ano do Ensino Fundamental. Trata-se de um estudo seccional, base populacional, utilizando dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), 2012 e 2015. Amostra composta por estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental (PeNSE 2012- n=54 e PeNSE 2015- n=50) da cidade de Fortaleza/CE. Realizou-se o download do banco em formato Excel® 2010, seguido de padronização e análise da consistência interna. Utilizou-se o software SPSS®, versão 20®, por meio do módulo survey analisys. Ouve um aumento na busca pela RAS (13,1%) quando se comparam os dois anos (2012 e 2015). A Atenção primária permanece sendo a mais procurada, porém, apresentou um decréscimo entre os anos (52,4% vs 38,3%, p=0,103), e uma redução entre os que conseguiram atendimento (73,0% vs 49,5%, p=0,015). O atendimento nos serviços de saúde tem diminuído, entre os motivos estão o despreparo dos profissionais e a falta de serviços voltados para esse público.

 

Palavras-chave: Inquéritos Epidemiológicos; Serviços de Saúde. Comportamento do Adolescente; Violência doméstica.

 

Abstract

Is there an association between the self-report of physical aggression by an adult in the family and the Health Support Network in 9th grade elementary school students? The objective is to verify the association between the report of physical aggression by an adult in the family and the Health Support Network (RAS) in 9th grade elementary school students. This is a cross-sectional, population-based study, using data from the National School Health Survey (PeNSE), 2012 and 2015. Sample made up of  the 9th grade students (PeNSE 2012- n = 54 and PeNSE 2015- n = 50) from the city of Fortaleza / CE. The bank was downloaded in Excel® 2010 format, followed by standardization and internal consistency analysis. The SPSS® software, version 20®, was used through the survey analysis module. There is an increase in the search for RAS (13.1%) when comparing the two years (2012 and 2015). Primary care remains the most sought , however, it has decreased over the years (52.4% vs 38.3%, p = 0.103), and a reduction among those who have managed care (73.0% vs 49.5 %, p = 0.015). The attendance in health services has decreased, among the reasons are the unpreparedness of professionals and the lack of services aimed at this public.

 

Keywords: Health Surveys. Health Services. Adolescent Behavior. Domestic violence.

Publicado
2021-04-12
Seção
Artigos