Tratamento de Superfície em Cerâmicas de Dissilicato de Lítio: uma Revisão de Literatura

  • Gabriela Torres Zanin Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia. PR, Brasil.
  • Omar Geha Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia. PR, Brasil.
  • Ricardo Danil Guiraldo Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia. PR, Brasil.
  • Murilo Baena Lopes Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia. PR, Brasil.
  • Sandrine Bittencourt Berger Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia. PR, Brasil.

Resumo

O preparo das superfícies cerâmicas é umas das etapas fundamentais para uma adesão duradoura e satisfatória no substrato dentário, garantindo o sucesso do tratamento. A escolha dos produtos corretos confere à prótese maior estabilidade após cimentação, evitando: infiltrações, cáries secundárias e deslocamento da peça cerâmica. Nos últimos tempos, vários protocolos para preparo das superfícies cerâmicas estão sendo usados em função da ampla oferta de produtos no mercado. Diante da diversidade de produtos disponíveis, esta revisão de literatura tem como objetivo mostrar, por meio de artigos, qual o protocolo mais seguro a ser seguido para a cimentação de cerâmicas de dissilicato de lítio. Realizou-se uma revisão de literatura baseada em artigos científicos publicados nas seguintes bases de dados: Scientific Electronic Library Online (SciELO), Medline: Pubmed e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), sendo a amostra final composta por vinte e seis estudos. Verificou-se que, para uma adesão adequada das cerâmicas de dissilicato de lítio ao substrato dentário, deve-se seguir o passo a passo do preparo da superfície, sendo a aplicação do ácido fluorídrico, seguido de silano e adesivo a opção mais segura. O modo simplificado de preparo, usando sistemas autocondicionantes pode ser promissor, porém mais estudos são necessários para comprovar sua eficácia.

 

Palavras-chave: Ácido Fluorídrico. Adesivos. Dissilicato de Lítio.

 

Abstract

The  ceramic surfaces preparation is one of the fundamental steps for a lasting and satisfactory adhesion to the dental substrate, guaranteeing the success of the treatment. The  correct products choice gives the prosthesis greater stability after cementation, avoiding: infiltrations, secondary caries and e ceramic piece displacement. In recent times, several protocols for preparing ceramic surfaces have been used due to the wide range of products in  the market. Due to the diversity of products available, this literature review aims to show, through articles, which is the safest protocol to be followed for the cementation of lithium disilicate ceramics. A review was carried out based on scientific articles published in the databases: Scientific Electronic Library Online (SciELO), Medline: Pubmed and Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences (Lilacs), with the final sample comprising twenty-six studies. It was found that, for an adequate lithium disilicate ceramics adhesion to the dental substrate, one must follow the step by  step of the surface preparation, with the hydrofluoric acid (HF) application, followed by silane and adhesive which is the safest option. The simplified  preparation method, using self-etching systems, can be promising, however, more studies are needed to prove its effectiveness.

 

Keywords: Hydrofluoric Acid. Adhesives. Lithium Disilicate.

Publicado
2020-12-02
Seção
Artigos