Determination of Phenolic Compounds with Antimicrobial Activity of Byrsonima Crassifolia and Inga Edulis Leaves Extracts

Resumo

The aim of this work was to determine the compounds with antimicrobial capacity from crude extracts and leaf fractions of Byrsonima crassifolia and Inga edulis. A solid-liquid extraction was performed using three solvent systems (acetate, methanol and methanol: water). The extracts and fractions were submitted to antimicrobial susceptibility tests for Gram-negative and Gram-positive bacteria by disk diffusion and Minimum Inhibitory Concentration (MIC) methods. A solid phase extraction (SPE) was performed to identify phenolic compounds for pre-concentration and pre-purification of the extracts and fractions that presented antimicrobial potential. The methanolic fraction was able to extract the highest total phenolic content and also presented the largest halos in the disk diffusion test. The minimum inhibitory concentration ranged from 125 to 500 μg/ml mL-1 and from 12.5 to 200 μg/ml mL-1 for Gram-negative and Gram-positive bacteria, respectively. After SPE, the crude extracts and fractions showed inhibition halos against all themicroorganisms tested at a lower concentration when compared to the standardized antibiotics. Gallic acid, ferric acid, myricetin and quercetin showed antimicrobial activity when tested alone. Gallic acid, catechin, epicatechin, ferrulic acid, quercetin, and other 4 major compounds were identified and quantified for Byrsonima crassifolia and 3 compounds for Inga edulis.

 

Keywords: Vegetable Matrices. Antibiotics. Bioactive Compounds. Liquid Chromatography.

 

Resumo

O objetivo do presente estudo foi determinar compostos com capacidade antimicrobiana de extratos brutos e frações de folhas de Byrsonima crassifolia e de Inga edulis. Foi realizado uma extração sólido-líquido utilizando três sistemas de solventes (acetato, metanol e metanol:água). Os extratos e frações foram submetidos aos testes de suscetibilidade antimicrobiana para bactérias Gram-negativas e Gram-positivas através dos métodos de disco-difusão e Concentração Inibitória Mínima-CIM. Para identificação dos compostos fenólicos foi realizada Extração em Fase Sólida (SPE), para pré- concentração e pré-purificação dos extratos e frações que apresentaram potencial antimicrobiano. A fração metanólica conseguiu extrair maior conteúdo de fenólicos totais, e apresentou os maiores halos no teste de disco-difusão. A concentração inibitória mínima variou de 125 a 500 µgES mL-1   e de 12,5 a 200 µgES mL-1 para bactérias Gram-negativas e Gram-positivas, respectivamente. Após SPE, os extratos brutos e frações apresentaram halos de inibição frente a todos os micro-organismos testados em uma concentração menor que a dos antibióticos padronizados. O ácido gálico, ácido ferrúlico, miricetina e quercetina apresentaram atividade antimicrobiana quando testados isoladamente. Foram identificados e quantificados nos extratos brutos e frações ácido gálico, catequina, epicatequina, ácido ferrúlico, quercetina, além de outros 4 compostos majoritários para Byrsonima crassifolia e 3 compostos para Inga edulis.

 

Palavras-chave: Matrizes Vegetais. Antibióticos. Compostos Bioativos. Cromatografia Líquida.

Publicado
2021-03-29
Seção
Artigos