Efeitos da Kinesiotaping na Aplicação em Tornozelos Sobre o Controle Postural de Indivíduos Saudáveis

  • Helen Katharine Christofel Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Reabilitação. PR, Brasil.
  • Lougan Escobar da Silva Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Reabilitação. PR, Brasil.
  • Ovídia Ignês Pirez Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Reabilitação. PR, Brasil.
  • Rodrigo Antonio Carvalho Andraus Unopar, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Reabilitação. PR, Brasil.

Resumo

Este estudo avaliou o efeito da aplicação da Kinesiotape no controle postural de indivíduos jovens saudáveis. Quarenta participantes foram divididos em dois grupos: G1 (n = 20) composto por homens com idade de 23 ± 2,12 anos e o G2 (n = 20) por mulheres com idade 24 ± 4,96 anos. Ambos os grupos receberam a aplicação da Kinesiotape na região dos tornozelos e foram submetidos à avaliação do controle postural em apoio unipodal direito (UNPD) e esquerdo (UNPE) na plataforma de força em quatro momentos: pré-intervenção (PRE), imediatamente após (IME), 24 horas (24H) e 48 horas (48H) após a aplicação da kinesio. A análise estatística foi realizada através do teste de Friedman, utilizando o software IBM SPSS Statistics versão 24. A análise das variáveis do centro de pressão mostrou uma redução significativa no G1 na VEL ML na posição UNPD entre os períodos PRE e IME (p = 0,013) e na FAP na posição UNPD em todos os períodos (PRE-IME p = 0,042; PRE-24H p = 0,02; PRE-48h p = 0,007). No G2 houve diferença na VEL AP na posição UNPD (PRE-48H p = 0,002) e na UNPE em todos os períodos (PRE-IME p = 0,009; PRE-24H p = 0,029; PRE-48h p = 0,001), e na VEL ML na posição UNPE (PRE-48H p = 0,016), evidenciando que a aplicação da Kinesiotape na região de tornozelos, melhora a estabilidade no controle postural em homens e mulheres saudáveis.

 

Palavras-chave: Kinesio Tape. Controle Postural. Propriocepção. Plataforma de Força.

 

Abstract

This study evaluated the effect of Kinesiotape application on postural control in healthy young individuals. Forty participants were divided into two groups: G1 (n = 20) composed of men aged 23 ± 2.12 years and G2 (n = 20) women aged 24 ± 4.96 years. Both groups received the Kinesiotape  application at the ankles and underwent postural control assessment in right (UNPD) and left (UNPE) unipedal stance on the force platform in four moments: pre-intervention (PRE), immediately after ( IME), 24 hours (24H) and 48 hours (48H) after kinesiotape application. Statistical analysis was performed using the Friedman test, using the IBM SPSS Statistics version 24 software. The analysis of the pressure center variables showed a significant reduction in G1 in the ML VEL in the UNPD position between the PRE and IME periods (p = 0.013 ) and FAP in the UNPD position in all periods (PRE-IME p = 0.042; PRE-24H p = 0.02; PRE-48h p = 0.007). There was a difference in the G2 AP VEL in the UNPD position (PRE-48H p = 0.002) and in UNPE in all periods (PRE-IME p = 0.009; PRE-24H p = 0.029; PRE-48h p = 0.001), and in ML SPE in the UNPE position (PRE-48H p = 0.016), showing that the Kinesiotape application at the ankles, improves stability in postural control in healthy men and women.

 

Keywords: Kinesiotape. Postural Control. Proprioception. Force Platform.

Publicado
2020-12-02
Seção
Artigos