Trabalho e Renda em Assentamentos de Juara-MT: Estudo de Caso no Assentamento P.A. - Vale do Arinos - Linha 05

  • Alexandre Nascimento Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Gestão e Produção Agroindustrial. MS, Brasil.
  • Joana D’Arc da Silva Schmidt Universidade Anhanguera-Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Mestrado Gestão e Produção Agroindustrial. MS, Brasil.
  • José Francisco dos Reis Neto Universidade Anhanguera-Uniderp. MS, Brasil.
  • Luiz Antônio de Campo Universidade Anhanguera-Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Gestão e Produção Agroindustrial. MS, Brasil.
  • Vanderleia Salete Mantovani Universidade Anhanguera-Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Mestrado em Gestão e Produção Agroindustrial. MS, Brasil.

Resumo

O trabalho que é desenvolvido pelos produtores rurais é a fonte que gera sua renda para que possam dar continuidade em suas atividades produtivas, tanto de subsistência como de comercialização, sendo assim, a administração das atividades rurais demanda de conhecimento por parte dos produtores rurais para que possam desenvolver as ferramentas de gestão e de controle dos processos que ocorrem na propriedade rural. Entretanto, o problema da pesquisa envolve: qual a renda gerada pelas atividades produtivas dos produtores rurais do Assentamento P.A. - Vale do Arinos, Linha 05 nos processos produtivos no Município de Juara - MT? Dessa forma, os objetivos específicos foram: caracterizar o espaço geossocial do Assentamento, averiguar a produção de subsistência e de comercialização, e identificar os mecanismos de gestão e de controle das atividades produtivas. A metodologia é qualitativa, sendo utilizado questionário, que foi dividido em duas etapas. A primeira apresenta a questão da análise do perfil socioeconômico do Assentamento e a segunda etapa apresenta a análise do conhecimento e utilização de ferramentas contábeis, tendo sido o questionário  aplicado para 24 produtores do Assentamento. Os resultados revelados neste estudo apontam que 66,66% dos produtores rurais têm renda bruta anual entre um a cinco salários mínimos, sendo sua atividade principal a criação de gado de corte e atividade secundária, o gado leiteiro e a produção de subsistência.

Publicado
2020-08-26
Seção
Artigos