Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens na cultura da soja: importância e manejo

  • Jacqueline Dalbelo Puia Universidade Estadual de Londrina, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fitossanidade. PR, Brasil.
  • Adriano Thibes Hoshino Universidade Estadual de Londrina, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fitossanidade. PR, Brasil
  • Leandro Camargo Borsato Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IAPAR-EMATER. PR, Brasil.
  • Marcelo Giovanetti Canteri Universidade Estadual de Londrina, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fitossanidade. PR, Brasil.
  • Sandra Cristina Vigo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IAPAR-EMATER. PR, Brasil.

Resumo

A soja (Glycine max L.) é principal cultura do agronegócio brasileiro e tornou-se a mais expressiva economicamente no país, tanto pelo aumento da área cultivada quanto pelas novas tecnologias disponibilizadas aos produtores. As doenças podem ter origens fúngicas, bacterianas e viróticas e neste estudo destaca-se a murcha-de-Curtobacterium, causada pela bactéria gram-positiva Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens. O sintoma é caracterizado por uma mancha bacteriana marrom nas folhas de soja. O objetivo do trabalho foi expor os aspectos do patógeno C. flaccumfaciens pv. flaccumfaciens na cultura da soja, discutindo as principais estratégias de controle para minimizar os problemas com a doença. Deve-se ressaltar que, ao obter conhecimento sobre os aspectos agronômicos e os fatores limitantes da cultura da soja em relação à bactéria e seus principais aspectos biológicos, será possível a adoção das melhores técnicas de manejo da doença. Conclui-se que a busca por cultivares resistentes é de extrema importância no manejo da doença, uma vez que outros métodos de controle são pouco eficientes. Para alcançar o controle da mancha bacteriana marrom na cultura da soja é necessário a adoção conjunta de todas as técnicas de controle empregadas de forma unificada (manejo integrado da doença) visando a manutenção da população de C. flaccumfaciens pv. flaccumfaciens em baixos níveis.

 

Palavras-chave: Mancha Bacteriana Marrom. Controle de Doenças. Glycine max L. Distribuição.

 

Abstract

Soybean (Glycine max L.), is the main crop of Brazilian agribusiness, it has become the most economically important in the country, both due to the increase in cultivated area and the new technologies available to farmers. Diseases can have several origins, including fungal, bacterial and virotic, but in this study, we will talk about curtobacterium wilt, caused by a gram-positive bacterium Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens, responsible for brown bacterial wilt on soybean plants. The objective of this work was to expose the aspects of the pathogen Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens in soybean crops, discussing the main control strategies to minimize problems caused by this disease. It should be emphasized that gaining knowledge about the agronomic aspects and limiting factors of soybean crop in relation to the pathogen is necessary to reach the best management of the disease. We concluded that the search for resistant cultivars is extremely important for disease management, since other control methods are inefficient. To achieve the control of bacterial tan spot in soybean crop, it is necessary to joint adoption of all the control techniques used in a unified way (disease integrated management) aiming at maintaining the population of Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens at low levels.

 

Keywords: Bacterial Tan Spot. Disease Control; Glycine max L. Distribution.

Publicado
2021-02-18
Seção
Artigos