A Gestão Escolar em uma Escola Indígena do Rio Grande do Norte: Concepções e Práticas

Creusa Ribeiro da Silva Lelis, Givanildo da Silva

Resumo


Resumo

A pesquisa teve como objetivo apresentar as concepções e as práticas da gestão escolar em uma Escola indígena, no município de Canguaretama, no estado do Rio Grande do Norte. A metodologia esteve pautada na abordagem qualitativa e o estudo de caso, como técnica de pesquisa. Os dados foram coletados através da entrevista semiestruturada com 6 profissionais da Escola. Como resultados, foi possível perceber que a concepção vivenciada pela comunidade não apresenta as características da gestão democrática, uma vez que as comunidades local e escolar não estão presentes nos processos decisórios e de planejamento da proposta pedagógica.

Palavras-chave: Gestão Escolar. Conselho Escolar. Escola Indígena. Escola Pública.

Abstract

The research aimed to present the concepts and practices of school management in an indigenous school, in the municipality of Canguaretama, in the state of Rio Grande do Norte. The methodology was based on the qualitative approach and the case study as a research technique. Data were collected through semi-structured interviews with 6 school professionals. As a result, it was possible to realize that the conception experienced by the community does not present the characteristics of democratic management, since the local and school communities are not present in the decision making and planning processes of the pedagogical proposal.

Keywords: School management. School board. Indigenous School. Public school.

Palavras-chave


Gestão Escolar. Conselho Escolar. Escola Indígena. Escola Pública.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRANCHES, M. Colegiado escolar: espaço de participação da comunidade. São Paulo: Cortez, 2003.

BALL, S.J. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. Currículo Fronteiras, v.1, n.2, p.99-116, 2001.

BALL, S.J. Education reform: a critical and post-structural approach. Buckingham, Philadelphia: Open University Press, 1994.

BALL, S.J. La micropolítica de la escuela: hacia uma teoria de la organización escolar. Barcelona: PAIDÓS, 1989.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto, 1994.

BORDIGNON, G.; GRACINDO, R.V. (Org.) Gestão da educação: o município e a escola. In: FERREIRA, N.S.C.; AGUIAR, M.Â. Gestão da educação: impasses, perspectivas e compromisso. São Paulo: Cortez, 2001.

BOWE, R.; BALL, S.J.; GOLD, A. Reforming education and changing schools: case studies in policy sociology. London: Routledge, 1992.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Brasília, 1988.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da educação Nacional (1996). Biblioteca Digital da câmara dos deputados. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 junho de 2014: Plano Nacional de Educação. Brasília, 2014.

BRASIL. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, 2006.

BRASIL. Resolução CNE/CEB n. 5, de 22 de junho de 2012, que Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena na Educação Básica. Brasília: CNE, 2012.

CASTRO, A.M.D.A. A qualidade da educação básica e a gestão da escola. In: FRANÇA, M.; BEZERRA, M.C. (Org.). Política educacional: gestão e qualidade do ensino. Brasília: Líber Livro, 2009.

FERREIRA, N.S. Gestão democrática da educação: ressignificando conceitos e possibilidades. In: FERREIRA, N.S.C.; AGUIAR, M.A. (Org.). Gestão da educação: impasses, perspectivas e compromissos. São Paulo: Cortez, 2001.

GALINA, I.F.; CARBELLO, S.R.C. Gestão democrática e instâncias colegiadas. In: CARVALHO, E.J. et al. (Org.). Gestão escolar. Maringá: Secretaria de Estado da Educação do Paraná / Universidade Estadual de Maringá, 2008.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

LIBÂNEO, J.C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: Alternativa, 2001.

LIMA, L.C. A escola como organização educativa: uma abordagem sociológica. São Paulo: Cortez, 2011.

LÜCK, H. A gestão participativa na escola. Petrópolis: Vozes, 2013a.

LÜCK, H. Concepções e processos democráticos de gestão educacional. Petrópolis: Vozes, 2013.

MAINARDES, J. Reinterpretando os ciclos de aprendizagem. São Paulo: Cortez, 2007.

MARQUES, L.R. A descentralização da gestão escolar e a formação de uma cultura democrática nas escolas públicas. Recife: UFPE, 2007.

MINAYO, M.C. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2010.

PARO, V.H. Eleição de diretores de escolas públicas: avanços e limites da prática. In: PARO, V.H. Escritos sobre a educação. São Paulo: Xamã, 2001.

PPP - Projeto Político Pedagógico Da Escola Municipal Indígena João Lino da Silva/SEEC-RN. Outubro 2015. Canguaretama-RN: [s.n.], 2015.

REGIMENTO ESCOLAR DA ESCOLA MUNICIPAL INDÍGENA JOÃO LINO DA SILVA/SEEC-RN. Novembro 2015. Canguaretama-RN: [s.n.], 2015.

SILVA, G.; SILVA, A.V.; SANTOS, I.M. Concepções de gestão escolar pós-LDB: o gerencialismo e a gestão democrática. Rev. Retratos Esc., v.10, n.19, p.533-549. 2016.

SILVA, K.V. A. Gestão democrática escolar: uma experiência em duas escolas públicas na rede municipal de João Pessoa-Paraíba. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2018.

SOUZA, A. Lisboa de. Participação e autonomia na escola: a eleição de diretor como espaço de articulação entre a teoria e a prática. In: CASTRO, A.M.D.A.; FRANÇA, M. (Org.). Política educacional: contextos e perspectivas da educação brasileira. Brasília: Líber Livros, 2012.

SPÓSITO, M.P. Educação, gestão democrática e participação popular. In: BASTOS, J.B. (Org.). Gestão democrática. Rio de Janeiro: DP&A, SEPE, 2002.

VEIGA, I.P.A. Escola: espaço do projeto político pedagógico. Campinas: Papirus, 2005.

WERLE, F.O.C. Conselhos escolares: implicações na gestão da escola básica. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

YIN, R.K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.17921/2447-8733.2019v20n4p405-414

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.