Primeiros socorros em diálogo com o Ensino de Química: Metodologia Ativa de Aprendizagem baseada em Problemas (MAAP)

Resumo

Resumo
A Química é uma ciência que envolve uma série de situações do cotidiano, como os mecanismos envolvidos nas ações de Primeiros Socorros. O presente estudo teve como objetivo relacionar as ações de primeiros socorros ao ensino de química. Este trabalho foi desenvolvido em uma Escola Estadual no município de Coari-Amazonas/Brasil. Foram utilizadas ferramentas qualitativas e quantitativas, sendo essas divididas em aplicação do questionário inicial, aula expositiva, apresentação de trabalhos, jogos didáticos, aula prática e questionário final. Pôde-se verificar a importância de metodologias que estimulem os alunos, tornando os conteúdos simples e didáticos, sendo aplicados a exemplos rotineiros. Concluiu-se que o ensino de química aliado à realidade dos estudantes, por meio da temática primeiros socorros, proporcionou uma aprendizagem mais eficiente e uma maior compreensão da aplicação das reações químicas nas atividades do cotidiano.

Palavras chaves: Amazonas. Ensino de Química. Contextualização.

Abstract
Chemistry is a science that involves a series of everyday situations, as mechanisms in First Aid actions. This research aimed to relate the emergency first aid in Chemistry teaching. This work was developed in a state school in Coari city, Amazonas, Brazil. Qualitative and quantitative methods were used, being divided in application of the initial questionnaire, lecture class, presentation of assignments, ludic activity, practical class and final questionnaire. It was possible to verify the importance of methodologies that stimulate the students to make the contents simple and didactic, being applied to routine examples. It was concluded that the chemistry teaching combined with the students’ reality through the thematic first aid provided an efficient learning and a greater understanding on the application of chemical reactions in daily activities.

Keywords: Amazonas. Chemistry Learning. Contextualization. PLB.

Referências

ALENCAR, A. C. S.; FREITAS, A. D. G. Uso de Jogos Didáticos: uma Estratégia Facilitadora para um Melhor Ensino – Aprendizagem em Sala de Aula. Rev. Ens. Educ. Cienc. Human., v. 20, n. 2, p. 215-219, 2019.

ALMONDES, M.; BOTH, J. O conteúdo de Primeiros Socorros nas aulas de educação física para estudantes do ensino médio. Cadernos PDE, 2013. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_uel_edfis_pdp_marshal_de_almondes.pdf

AUSUBEL, D. P. A aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982.

BORGES, T S; ALENCAR, G. Metodologias ativas na promoção da formação crítica do estudante: o uso das metodologias ativas como recurso didático na formação crítica do estudante do ensino superior. Baia: Cairu em revista, v.3, n.4, p. 119-143, 2014.

CHASSOT, A. I. Alfabetização Científica: questões e desafios para a educação. 3 ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2003.

CUNHA, M. B. Jogos no ensino de química: considerações teóricas para a sala de aula. Química nova na escola, v.92, n.34, p. 92-98, 2012.

DURÉ, R. C.; ANDRADE, M. J. D.; ABÍLIO, F. J. P. Ensino de biologia e contextualização do conteúdo: quais temas o aluno de ensino médio relaciona com o seu cotidiano? Paraíba: Experiência em ensino de ciências, v.13, n.1, p.259-272 , 2018.

FONSECA, C. A. L. Proposição de Material Didático Direcionado à Prevenção e Possíveis Atendimentos de Acidentes na Escola. Cadernos PDE, 2008. Disponível em: < http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/2328-8.pdf>

GAZOLA, V A. Primeiros socorros. São PAULO: [s.n], 2016. Disponível em: acesso em: 25 novembro de 2019.

GOMES, F. K. S; CAVALLI, W. L.; BONIFÁCIO, C. F. Os problemas e as soluções no ensino de ciências e biologia, Paraná: Unioeste cascavel, 2008.

LACERDA, C S. Educação física no ensino médio e primeiros socorros: o conhecimento de alunos e professores. São Paulo: VII jornada de iniciação científica, 64ª Reunião Anual da SBPC, 2011.

LEAL, J. V. C.; SANTOS, J. C. S.; SILVA, C. S. Elementar: um jogo didático para o ensino da tabela periódica. Curitiba: XVIII ENEQ, 2016.

MERÇON, F. A. Experimentação no ensino de química. Rio de Janeiro: IV encontro nacional de pesquisa em educação em ciências, 2002.

MOREIRA, A E C. Relações entre as estratégias de ensino do professor, com as estratégias de aprendizagem e a motivação para aprender de alunos do ensino fundamental. Londrina: 2014.

NETO, N M G.; BARROS, L. M.; SILVA, T. M.; VASCONCELOS, E. M. R. Primeiros socorros na escola: construção e validação de cartilhas educativas para professores. Pernambuco: Acta paulista de enfermagem,v.30, n.87, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201700013

PINTO, V L L S; LOZANO A R G; SIQUEIRA, A S. Estudos matemáticos em projetos interdisciplinares: o caso da fabricação de detergente. Areté, v.11, n.23, p. 109-115, 2018.

PONTES, A. N. et.al. O ensino de química no nível médio: Um olhar a respeito da motivação. ENEQ, XIV Encontro nacional de ensino de química, Pará, 2008. Disponível em: http://www.quimica.ufpr.br/eduquim/eneq2008/resumos/R0428-1.pdf

RAMBOW, V. Violência: um olhar voltado para a escola. Rio Grande do Sul: x salão de iniciação cientifica, 2009.

ROCHA, E. F. Metodologias Ativas: um desafio além das quatro paredes da sala de aula. [S.I; s.n], 2014 Disponível em: acesso em: 25 ag. 2019.

ROCHA, J. S; VASCONCELOS, T C. Dificuldades de aprendizagem no ensino de química: algumas reflexões: Santa Catarina: XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (ENEQ), 2016.

SANTOS, W. L. P. Contextualização no ensino de ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica. Revista Ciência & Ensino, v.1, n.1, p. 1-12, 2007.

SOUZA, E. C.; SOUZA, S. H. S.; BARBOSA, I. C. C.; SILVA, A. S. O Lúdico como Estratégia Didática para o Ensino de Química no 1º Ano do Ensino Médio. Rev Virtual Quím,v.10, n.3, p. 449-458, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.21577/1984-6835.20180033

VOGT, R D. Relatório final de estágio docente no ensino médio: classicismo, quinhentismo e intertextualidades. Florianópolis: Universidade federal de Santa Catarina, 2013.

WARTHA, E. E. J.; SILVA, L.; BEJARANO, N. R. R. Cotidiano e contextualização no ensino de química: conceitos Científicos em destaques. Quim Nova Escola., v. 35, n. 2, p. 84-91, 2013.

Publicado
2020-12-17
Seção
Artigos