Escorpiões: Um Estudo de Caso com Estudantes do Ensino Fundamental

Resumo

Resumo
A educação ambiental pode ajudar a sensibilizar a sociedade em relação aos escorpiões, desmistificando a visão antropocêntrica, no qual o indivíduo se põe acima dos animais não humanos e da natureza. Conhecer o habitat e o comportamento dos animais pode colaborar com a conservação das espécies de escorpião, uma vez que esse conhecimento pode ajudar a respeitá-los. Grande parte da população possui um conhecimento superficial sobre os escorpiões, sendo influenciada pelo conhecimento empírico dos acidentes que estes animais proporcionam. Dessa forma, a aversão popular por animais peçonhentos, em particular pelos escorpiões, pode ser agravada por informações (e.g. casos de mortes de crianças e idosos) que pontuam especificamente o acidente, deixando de lado outras informações relevantes como a sua biologia e função na cadeia alimentar. No intuito de favorecer a relação entre ser humano e animais não humanos peçonhentos, desenvolve-se um trabalho socioambiental com estudantes de 11 a 12 anos, apresentando o modo de vida dos escorpiões, através de intervenções didático-metodológicas. Foi confeccionado um questionário contendo sete questões de fácil interpretação e resposta. As perguntas demonstraram valores significativos de dependência do pós-teste em relação à intervenção, sendo possível inferir que os sujeitos participantes possuem uma visão convencional acerca dos escorpiões, e que esta pode ser modificada com uma intervenção didático-metodológica intencional.

Palavras-chave: Sensibilização. Relação Harmônica. Animal Peçonhento.

Abstract
Environmental education can help raise society's awareness regarding scorpions, demystifying the anthropocentric view in which the individual stands above non-human animals and nature. Knowing the animals’ habitat and behavior can help in the scorpion species conservation, since this knowledge can help respect them. Most of population has superficial knowledge about scorpions, being influenced by empirical accidents knowledge that these animals provide. Thus, a popular aversion to venomous animals, in particular scorpions, can be aggravated by information (for example, cases of deaths of children and the elderly) that can cause accidents, leaving aside other important information such as their biology and function in the food chain. In order to favor the relationship between human beings and venomous non-human animals, a socio environmental work was developed with students from 11 to 12 years old, presenting the scorpions' way of life through methodological didactic interventions. A questionnaire was prepared containing seven questions that are easy to interpret and answer. The questions showed significant values of dependence of the post-test in relation to the intervention, being possible to infer that the participating subjects have a conventional view about scorpions, and that this can be modified with an intentional didactic-methodological intervention.

Keywords: Tityus sp. Awareness. Harmonic relation.

Publicado
2020-12-17
Seção
Artigos