A Percepção de uma Comunidade Quilombola a Respeito de Leishmaniose Visceral, em Mato Grosso do Sul e a Educação em Saúde como Ferramenta de Controle Desta Endemia

  • Suellem Luzia Costa Borges Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. MS, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-8778-1054
  • Gilberto Gonçalves Facco Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. MS, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6434-2398
  • Rafael Ovando Fraiha Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Doenças Infecciosas e Parasitárias. MS, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-0772-7494
  • João Cledson Pedrozo Rigo Instituto de Pós-Graduação Qualittas. https://orcid.org/0000-0003-2509-4253
  • Dina Regis Recaldes Rodrigues Argeropulos Aquino Universidade Anhanguera Uniderp, Curso de Medicina Veterinária. MS. https://orcid.org/0000-0001-8181-1726
  • Eduardo de Castro Ferreira Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. MS, Brasil, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Doenças Infecciosas e Parasitárias.

Resumo

As leishmanioses são zoonoses de grande distribuição global, que apresentam várias espécies de reservatórios e vetores, que ao se relacionarem no tempo e espaço estabelecem os ciclos de transmissão dessa doença negligenciada, cujas estratégias de controle devem ser estruturadas sob a perspectiva da Saúde Única, que tem como premissa a interconectividade da saúde humana, animal e ambiental. O objetivo do estudo foi avaliar a percepção da população residente em uma Comunidade Quilombola, no interior de Mato Grosso do Sul, no que se refere às leishmanioses, assim como discutir a importância da educação em saúde como estratégia de prevenção. Estudo seccional, analítico, transversal, em uma Comunidade Quilombola, pertencente ao município de Jaraguari, Mato Grosso do Sul, com setenta indivíduos selecionados por conveniência e de acordo com os critérios de elegibilidade, representando suas famílias.  A Comunidade estudada aparenta ter pouco conhecimento sobre leishmaniose e estratégias de educação e saúde focadas ao tema, baseadas em uma perspectiva multidisciplinar, conforme preconizado pelos defensores da saúde única devem ser pautadas pelas equipes de saúde do município a que pertence. Os dados revelam eminência de uma epidemia canina, pois o ambiente é favorável e a densidade vetorial é abundante, o que normalmente antecede à proliferação de casos humanos.

 

Palavras-chave: Meio Ambiente. Educação em Saúde. Zoonoses. Saúde Única

 

Abstract

Leishmaniasis are zoonoses of great global distribution, which present several species of reservoirs and vectors, which, when relating in time and space, establish the transmission cycles of this neglected disease, whose control strategies should be structured under the perspective of  Saúde Única, which has as assumption  the interconnectivity of human, animal and environmental health. The objective of this study was to evaluate the population perception residing in a Quilombola community, in the interior of Mato Grosso do Sul state, regarding leishmaniasis, as well as to discuss the importance of health education as a prevention strategy. Sectional, cross-sectional, analytical study in a Quilombola community, belonging to the municipality of Jaraguari, Mato Grosso do Sul, with seventy individuals selected for convenience and according to the eligibility criteria, representing their families.  The studied Community seems to have little knowledge about leishmaniasis and education and health strategies focused on the theme, based on a multidisciplinary perspective, as recommended by the advocates of Saúde Única should be guided by the health teams of the municipality to which it belongs. Data reveal the eminence of a canine epidemic, since the environment is favorable and vector density is abundant, which usually precedes the human cases proliferation.

 

Keywords: Environment. Education in Health. Zoonoses. Saúde Única

 

Biografia do Autor

Dina Regis Recaldes Rodrigues Argeropulos Aquino, Universidade Anhanguera Uniderp, Curso de Medicina Veterinária. MS.

16/06/2020 - e-mail trocado de dina.regis@uniderp.com para eduardodecastroferreira@gmail.com

Eduardo de Castro Ferreira, Universidade Anhanguera Uniderp, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. MS, Brasil, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Doenças Infecciosas e Parasitárias.

Professor do Programa Strictu sensu Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional (Universidade Uniderp), Campo Grande, MS, Brasil.

Professor do Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas e Parasitárias, Campo Grande, MS, Brasil.

Pesquisador em Saúde Pública da Fiocruz Mato Grosso do Sul, Fundação Oswaldo Cruz/ Ministério da Saúde/ Brasil.

Publicado
2020-08-21
Seção
Artigos