Avaliação do conhecimento de escolares sobre saúde bucal, dieta e higiene: ferramenta diagnóstica para direcionamento de atividade educativa

  • Aldenise Socorro da Costa Palheta Tokairin Instituto Federal do Paraná
  • Gabriela Fleury Seixas Universidade do Norte do Paraná
  • Natalia Maria Alves da Silva Instituto Federal do Paraná
  • Rosana Roberta Bernardo Fukada Instituto Federal do Paraná
  • Paulo Henrique Rossato Instituto Federal do Paraná
  • Tânia Christina Simões Instituto Federal do Paraná
  • Marcelo Lupion Poleti Instituto Federal do Paraná
  • Thais Maria Freire Fernandes Universidade Norte do Paraná UNOPAR

Resumo

Resumo
A saúde bucal é indissociável da saúde geral, e está diretamente relacionada com a qualidade de vida do indivíduo. A manutenção da saúde bucal interfere no desenvolvimento físico e psicológico da criança, além de estar relacionada com a sua participação em atividades, incluindo a frequência escolar. Este estudo teve como objetivo avaliar as percepções em relação à saúde bucal, dieta e higiene de 37 crianças matriculadas no primeiro ano do Ensino Fundamental de uma Escola Municipal na cidade de Londrina-PR, e identificar possíveis temas falhos para serem explorados, a partir de uma ferramenta diagnóstica. As crianças foram estimuladas a preencher um questionário ilustrativo com figuras dos principais recursos de higiene e de alimentos que pudessem ter relação com a boa saúde bucal. Ao final, uma atividade de Educação em Saúde Bucal (ESB) foi realizada juntamente com os alunos, de forma interativa e informativa. A análise das respostas dos alunos mostrou um bom conhecimento sobre os malefícios de alimentos industrializados e ricos em sacarose, e o reconhecimento pelas crianças dos recursos mais comumente utilizados para a realização de higiene bucal. No entanto, demonstrou dúvidas existentes quanto à relação entre alimentos naturais e manutenção da saúde bucal, tornando evidente a necessidade de educação e promoção em saúde sobre a influência da alimentação na saúde bucal. Portanto, é necessário o uso de ferramentas de diagnóstico prévio à prática educativa, para o melhor direcionamento do tema a ser abordado.

Palavras-chave: Educação em Saúde. Ensino Fundamental e Médio. Promoção da Saúde

Abstract
Oral health is inseparable from general health and is related to the individual's quality of life. The oral health maintenance interferes with the child's physical and psychological development, in addition to being related to their participation in activities, including school attendance. This study aimed to assess the perceptions regarding oral health, diet and hygiene of 37 children enrolled in the first year of Elementary School at a Municipal School in the city of Londrina-PR, and to identify possible flawed themes to be addressed. explored from a diagnostic tool. The children were encouraged to complete an illustrative questionnaire with figures of the main hygiene and food resources that could be related to good oral health. In the end, an Oral Health Education (ESB) activity was carried out together with the students, in an interactive and informative way. The students' answers analysis showed a good knowledge about the harmful effects of processed and sucrose-rich foods, and the recognition by children regarding the resources most used to perform oral hygiene. However, it demonstrated existing doubts about the relationship between natural food and oral health maintenance, making evident the need for education and health promotion on the food on oral health influence. Therefore, it is necessary to use diagnostic tools prior to educational practice, to better target the topic to be addressed.

Keywords: Health Education. Education. Primary and Secondary. Health Promotion

Biografia do Autor

Aldenise Socorro da Costa Palheta Tokairin, Instituto Federal do Paraná

Técnica em Saúde Bucal formada pelo Instituto Federal do Paraná

Gabriela Fleury Seixas, Universidade do Norte do Paraná

Estagiária Pós Doutorado em Odontologia da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Natalia Maria Alves da Silva, Instituto Federal do Paraná

Técnica em Saúde Bucal formada pelo Instituto Federal do Paraná.

Rosana Roberta Bernardo Fukada, Instituto Federal do Paraná

Técnica em Saúde Bucal formada pelo Instituto Federal do Paraná.

Paulo Henrique Rossato, Instituto Federal do Paraná

Professor do Curso Técnico em Saúde Bucal do Instituto Federal do Paraná.

Tânia Christina Simões, Instituto Federal do Paraná

Professora do Curso Técnico em Saúde Bucal do Instituto Federal do Paraná.

Marcelo Lupion Poleti, Instituto Federal do Paraná

Professor do Curso Técnico em Saúde Bucal do Instituto Federal do Paraná.

Thais Maria Freire Fernandes, Universidade Norte do Paraná UNOPAR

Professora e Coordenadora do Curso de Pós graduação Stricto Sensu em Odontologia da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR).

Publicado
2020-12-17
Seção
Artigos