Cadeia para Terapia Ocupacional Direcionada ás Crianças Portadoras de Paralisia Cerebral

  • Cristiane Afonso Almeida Zerbertto
  • Christiano Lankaites

Resumo

Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma cadeira que atendesse as características das crianças com paralisia cerebral com quadriplegia espástica, na faixa etária de 1 a 4 anos, auxiliando no progresso do tratamento e da terapia, observando também as necessidades do usuário secundário (pessoas que a manipulam). Obteve-se dessa forma um produto mais ergonômico, proporcionando maior conforto e segurança aos usuários.
Publicado
2015-07-03
Seção
Artigos