Formação Continuada para Professores de Física e de Matemática: Possibilidade de Integração de Recursos Tecnológicos na Prática Pedagógica

  • Marli Teresinha Quartieri Centro Universitário Univates. RS, Brasil.
  • Maria Madalena Dullius Centro Universitário Univates. RS, Brasil.
  • Italo Gabriel Neide Centro Universitário Univates. RS, Brasil.
  • Teresinha Aparecida Faccio Padilha Centro Universitário Univates. RS, Brasil.
  • Raiza Betania Halmenschlager Centro Universitário Univates. RS, Brasil.

Resumo

O uso de recursos tecnológicos ainda merece estudos e pesquisas, em especial para que seja efetivamente integrado na prática pedagógica dos docentes da Educação Básica. Este artigo pretende socializar resultados de um curso de formação continuada ofertado a professores de Física e de Matemática que teve o intuito de integrar recursos tecnológicos nas aulas destas disciplinas. Durante os encontros foram problematizadas e exploradas atividades, com o uso de tablets e computador, envolvendo conteúdos da Física e da Matemática, bem como planejadas atividades pelos participantes. A pesquisa de cunho qualitativo apresenta características de estudo de caso. Os instrumentos de coleta de dados foram questionários, filmagens das discussões de todos os encontros e relatórios de atividades desenvolvidas pelos participantes em suas aulas. Os resultados apontam que o compartilhamento de experiências, os momentos de planejamento em conjunto e as atividades exploradas proporcionaram confiança e segurança para a integração dos recursos tecnológicos nas aulas, pois os participantes desenvolveram atividades, em sua prática pedagógica, usando estas ferramentas. Os professores foram unânimes em comentar a produtividade do uso de recursos tecnológicos nas aulas de Matemática e Física. Destaca-se que o curso também proporcionou momentos de conhecimentos em relação aos conteúdos explorados.

Palavras-chave: Formação Continuada. Recursos Tecnológicos. Ensino de Física e Matemática.

Abstract
The use of technological resources still deserves studies and research, especially in order to be effectively integrated into the pedagogical practice of Basic Education teachers. This article aims to socialize results of a continuing education course offered to Physics and Mathematics teachers, which was designed to integrate technological resources in Physics and Mathematics classes. Throughout the meetings, several activities were explored and problematized through the use of tablets and computers, involving subjects from Physics and Mathematics. In addition, the participants also planned activities. This qualitative research can be characterized as a case study. The data collection instruments were questionnaires, filming from the discussions of all meetings, and reports on the activities developed by the participants on their classes. The results show that the sharing of experiences, the moments of joint planning and the explored activities provided trust and security for the integration of technological resources on classes, because the participants developed activities in their pedagogical practices using such tools. Teachers were unanimous in commenting about the productivity of the use of technological resources in Mathematics and Physics classes. It is noted that the course also provided moments of knowledge related to the subjects explored.

Keywords: Continuing Education. Technological Resources. Physics and Mathematics Education.

Biografia do Autor

Marli Teresinha Quartieri, Centro Universitário Univates. RS, Brasil.

Professora de Matemática do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Univates

Professora do Mestrado em Ensino de Ciências Exatas e do Mestrado em Ensino


Maria Madalena Dullius, Centro Universitário Univates. RS, Brasil.

Professora de Matemática do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Univates

Professora do Mestrado em Ensino de Ciências Exatas e do Mestrado em Ensino

Italo Gabriel Neide, Centro Universitário Univates. RS, Brasil.

Professora de Física do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Univates

Professor do Mestrado em Ensino de Ciências Exatas

Teresinha Aparecida Faccio Padilha, Centro Universitário Univates. RS, Brasil.
Professora de Matemática do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Univates
Raiza Betania Halmenschlager, Centro Universitário Univates. RS, Brasil.

Bolsista de Iniciação Científica

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo

Referências

Artigue, M. (2010). The future of teachin gand learning

mathematics with digital technologies. In: C, Hoyles, J-B,

Lagrange. Mathematics educationand technology-rethinking

the Terrain. USA: Springer US.

Bittar, M. (2006) Possibilidades e dificuldades na incorporação do

uso de softwares na aprendizagem da Matemática. Um estudo

de caso: o software aplusix. In: III Seminário Internacional

de Pesquisa em Educação Matemática (SIPEM). In Anais...

Águas de Lindóia, SP: SBEM, 2006.

Bittar, M. (2001) A abordagem instrumental para o estudo da

integração da tecnologia na prática pedagógica do professor

de matemática. Educar em revista, pp. 157-171. Curitiba:

UFPR,

Bittar, M. Guimarães, S. D., & Vasconcellos, M. (2008). A

integração da tecnologia na prática do professor que ensina

matemática na educação básica: uma proposta de pesquisa

ação. Rev Eletr Educ Matem, v.3, n.8, p.84-94,

Borba, M, & Penteado, M.G. (2003). Informática e educação

matemática. Belo Horizonte: Autêntica.

Castro, A. L. (2016). A formação de professores de matemática

para uso das tecnologias digitais e o currículo da era digital.

In Anais do XII Encontro Nacional de Educação Matemática.

São Paulo.

Demo, P. (2009). Educação hoje: “novas” tecnologias, pressões e

oportunidades. São Paulo: Atlas.

Ferreira, J.W.S. (2009). Grupo de estudos na formação continuada

dos professores. In: L.N., Diniz, & M. C. Borba. Grupo

EMFoco: diferentes olhares, múltiplos focos e autoformação

continuada de educadores matemáticos. Natal: Flecha do

tempo. São Paulo: Ed. Livraria da Física.

Galindo, M. A. & Vital, M. L. (2011). Formação continuada deprofessores das séries iniciais do Ensino Fundamental: o

ensino de Física como duplo desafio. In anais do XI Encontro

de Pesquisa em Ensino de Física. Curitiba.

Neide, I. G., & Quartieri, M. T. (2016). Recursos tecnológicos

nos processos de ensino e de aprendizagem da Matemática e

da Física. In: M. M. Dullius, & M. T Quartieri. Aproximando

a Matemática e a Física por meio de recursos tecnológicos:

Ensino Médio, pp.9-14. Lajeado: Univates.

Nóvoa, A. (1992). Formação de professores e profissão docente.

Lisboas: Repositório da Universidade de Lisboa.

Nóvoa, A. (2013). Nada substitui um bom professor: propostas

para uma revolução no campo da formação de professores.

In: B.A, Gatti. Por uma política nacional de formação de

professores, pp.199-210. São Paulo: Unesp.

Moran, J. M. (2011). A educação que desejamos: Novos desafios

e como chegar lá. Campinas: Papirus.

Prada, L.E.A., Vieira, V.M. O, & Longarezi, AM. (2009)

Concepções de formação de professores nos trabalhos da

ANPED 2003-2007. Anais da 32º Reunião Anped.

Richit, A. (2010). Apropriação do conhecimento pedagógicotecnológico

em matemática e a formação continuada de

professores.. Rio Claro: Instituto de Geociências e Ciências

Exatas.

Richit, A. (2014) Percursos da formação de professores em

tecnologias na educação: do acesso aos computadores à

inclusão digital. In: A. Richit. Tecnologias digitais em

educação: perspectivas teóricas e metodológicas sobre

formação e prática docente. pp.11-33. Curitiba: CRV.

Romanowski, J. P. (2006). Formação e profissionalização

docente. Curitiba: IBPEX.

Saboia, J., Vargas, P. L., & Viva, M.A A. (2013). O uso dos

dispositivos móveis no processo de ensino e aprendizagem

no meio virtual. Rev Cesuca Virtual: Conhecimentos Sem

Fronteiras. v. 1, n.1.

Santos, M. P. (2001). Educação Continuada do professor de

matemática: uma investigação sobre grupo de estudos

no coletivo escolar. Dissertação (Mestrado em Educação

Matemática). Universidade Bandeirante de São Paulo.

Silva, A. F. G. (2007). O desafio do desenvolvimento profissional

docente: análise da formação continuada de um grupo

de professores das séries iniciais do ensino fundamental,

tendo como objeto de discussão o processo de ensino e

aprendizagem das frações. Tese (Doutorado em Educação

Matemática) – PUCS.

Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional.

Petrópolis: Vozes.

Yin, R. K. (2009). Estudo de caso: planejamento e métodos. São

Paulo: Bokmann.

Publicado
2018-07-30
Seção
Artigos