As Manipulações em Tela Compondo a Dimensão Corporificada da Cognição Matemática

  • Marcelo Almeida Bairral Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação e Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação em Ciências e Matemática. RJ, Brasil.

Resumo

Dispositivos móveis com tela sensível ao toque estão nas mãos de todos. Ou, ainda, as mãos do homem da atualidade espelham smartphone. É difícil hoje imaginar o cotidiano sem um celular conectado e seus diferentes aplicativos. Do mesmo modo que o surgimento do compasso e de outros recursos de desenho mudou a forma de construir e entender conceitualmente determinado objeto matemático, os ambientes móveis de construção dinâmica também estão trazendo alterações ao aprendizado nos dias atuais. Este artigo traz ideias do campo da cognição, da linguagem e da neurociência para mostrar como elas podem orientar pesquisas com dispositivos com toques em tela; articula algumas dessas ideias a exemplos focados em formas de giro em uma tela ou com o próprio dispositivo; e ressalta as manipulações em tela como mais uma dimensão da cognição corporificada. Sublinha também a necessidade de incluir no pacote semiótico (escrita, fala, registros, construções em tela etc.) essa nova forma de interação e de manifestação e apropriação da linguagem.

Palavras-chave: Dispositivos Móveis. Touchscreens. Tablets. Smartphones. Isometrias


Abstract
Mobile devices with touchscreen are on the hands of all. Or rather, nowadays our hands mirror smartphone. It is difficult to imagine the daily lives without a connected cell phone and its different APP. In the same sense that the emergence of compass and other drawing resources changed the way we construct and conceptually understand a particular mathematical object, dynamic mobile environments are bringing for learning nowadays. In this article I bring ideas from the field of cognition, language, and neuroscience to show how they can guide researches with touchscreen devices. I articulate some of these ideas to examples focused on ways of turning on a screen or with the device itself. The article highlights the manipulations on screen as one more dimension of embodied cognition. It also emphasizes the need to include in the semiotic bundle (writing, speech, inscriptions, constructions on screen, etc.) this new form of interaction and manifestation and appropriation of language.

Keywords: Mobile Devices. Touchscreens. Tablets. Smartphones. Isometries.

Publicado
2017-07-30
Seção
Artigos