A Gestão do Conteúdo, do Ensino e da Aprendizagem segundo licenciandos de Matemática integrantes do Programa PIBID

  • Laiz Auriglietti Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil
  • Lucken Bueno Lucas Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil
  • Simone Luccas Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma investigação com licenciandos em Matemática de uma Universidade pública do norte do Paraná, integrantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Com base nos pressupostos da Matriz (3x3), um instrumento teórico-metodológico que possibilita investigar as relações epistêmicas, pessoais e sociais do professor com a gestão do conteúdo, do ensino e da aprendizagem, foram realizadas entrevistas com os participantes que após serem transcritas, codificadas e classificadas, evidenciaram que a preocupação dos mesmos incidiu sobre a gestão do ensino, predominantemente, e, depois, sobre as gestões do conteúdo e da aprendizagem de seus futuros alunos.

 

Palavras-chave: PIBID. Matriz (3x3). Formação Inicial de Professores de Matemática.

 

Abstract

This paper presents the results of research with mathematics undergraduates from a public University of northern Paraná, members of the Institutional Program for Scholarships for beginner Teachers (PIBID). Based on the assumptions of a Matrix (3x3), a theoretical and methodological tool that enables investigation of the epistemic, personal and social relationships between a teacher and the management of content, teaching and learning, interviews were conducted with the participants which, after being transcribed, coded and classified, demonstrated that their concerns related primarily to the management of teaching, followed by content management and finally on managing the learning of their future students.

 

Keywords: PIBID. Matrix (3x3). Initial Training of Mathematics Teachers.

 

Biografia do Autor

Laiz Auriglietti, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil

Possui graduação em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade Cristo Rei (2008); Licenciatura em Língua Portuguesa, pela UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, através do PROFOP - Programa Especial de Formação Pedagógica, campus Cornélio Procópio (2013), com Especialização de Ensino de Língua Portuguesa pela UENP - Universidade Estadual do Norte do PR (2015). Graduada em Licenciatura Plena em Matemática (2014) e Especialista em Educação Matemática (2014), ambos pela UENP.

Lucken Bueno Lucas, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil

Mestre e Doutor em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (PECEM-UEL 2008; 2014, bolsas CAPES). Especialista em Bioética pela Universidade Estadual de Londrina (2007). Graduado em Ciências Biológicas (Licenciatura Plena) pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP, 2006). É professor efetivo (Adjunto) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Cornélio Procópio. Coordena o Programa de Pós-Graduação em Ensino - Mestrado Profissional em Ensino da UENP (http://www.uenp.edu.br/mestrado-ensino). É líder do GPEFOP - Grupo de Pesquisa em Ensino e Formação Profissional, cadastro CNPq: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3345995435404954. Tem experiência nas áreas de Ensino de Ciências/Biologia com ênfase em Axiologia e Epistemologia da Biologia, Formação de professores, Bioética e Biologia Aplicada à Saúde.

Simone Luccas, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Cornélio Procópio, PR - Brasil

Doutora e Mestre em Ensino de Ciências e Educação Matemática - UEL (2011; 2004). Especialista em Educação Matemática - UEL (1997). Licenciada em Ciências com Habilitação em Matemática pelo Centro de Estudos Superiores de Londrina (1989; 1990). É docente efetiva da Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP - Campus de Cornélio Procópio, atuando no curso de Licenciatura em Matemática. É vice-coordenadora e docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGEN) - Mestrado Profissional em Ensino - da UENP (http://www.uenp.edu.br/mestrado-ensino). É pesquisadora do GPEFOP - Grupo de Pesquisa em Ensino e Formação Profissional, cadastro CNPq: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3345995435404954. Tem experiência nas áreas de Ensino de Matemática, com ênfase em História e Epistemologia da Ciência e da Matemática, em Análise Qualitativa de Dados e Avaliação do Ensino e da Aprendizagem.

Referências

ARRUDA, S. M., LIMA, J. P. C., PASSOS, M. M. (2011). Um novo Instrumento para a análise da ação do professor em sala de aula. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 139-160. Disponível em: <http://revistas.if.usp.br/rbpec/article/download/265/243>. Acesso em: 11 nov. 2014.

BOGDAN, R., BIKLEN, S. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto.

CHARLOT, B. (2000). Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed.

CHEVALLARD, Y. (2005). La transposición didáctica: del saber sabio al saber enseñado. Buenos Aires: Aique Grupo Editor.

D’Ambrósio, B. S., D’Ambrósio, U. (2006). Formação de Professores de Matemática: professor-pesquisador. Atos de Pesquisa em Educação – PPGE/ME FURB. V. 1, no 1, p. 75-85, jan./abr.

ESTRELA, M. T. (2002). Relação Pedagógica Disciplina e Indisciplina na aula. Lisboa. Portugal: Porto Editora.

GAUTHIER, C., MARTINEAU, S., DESBIENS, J. F., MALO, A., SIMARD, D. (2006). Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí.

MOURA, M. O. de, ARAÚJO, E. S., NORETTI, V, D., PANOSSIAN, M. L., RIBEIRO, F. D. (2010). Atividades Orientadores de Ensino: unidade entre ensino e aprendizagem. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 10, n.29, p. 205-229.

TARDIF, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

Publicado
2020-03-04
Seção
Artigos