Aspectos Transversais da Articulação dos Conhecimentos Profissionais na Formação Inicial de Professores de Matemática

  • Juliane Colling Universidade Federal da Fronteira Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil. Centro Universitário FAI – UCEFF. SC, Brasil.
  • Adriana Richit Universidade Federal da Fronteira Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-0778-8198

Resumo

O artigo, que se baseia nos resultados de uma pesquisa de mestrado sobre as perspectivas de utilização das tecnologias digitais na formação inicial docente em matemática, evidencia e discute aspectos transversais da articulação das tecnologias digitais ao processo de desenvolvimento de conhecimentos profissionais na formação de professores. Tomando por referencial o conceito de conhecimento profissional de Lee Shulman e o construto sobre os conhecimentos pedagógico, tecnológico e do conteúdo – TPACK, a pesquisa buscou evidenciar as perspectivas de articulação dos conhecimentos tecnológico, pedagógico e do conteúdo (matemático) nas diversas atividades formativas de um Curso de Licenciatura em Matemática de uma universidade pública federal do Sul do Brasil. O material empírico da investigação, de natureza qualitativa e baseada em uma análise de conteúdo bardiniana, constituiu-se mediante a aplicação de questionários e realização de entrevistas com docentes e discentes do referido Curso, bem como análise dos Planos de Ensino das diversas componentes curriculares e demais atividades promovidas ao longo do processo formativo. Como resultado, identificamos quatro categorias de análise, sendo: perspectiva voltada à prática docente na Educação Básica; perspectiva voltada ao desenvolvimento de conhecimentos da Matemática; perspectiva voltada ao desenvolvimento de conhecimentos sobre as tecnologias e suas possibilidades pedagógicas; e perspectiva associada a aspectos transversais da formação e profissão docente, sendo esta última apresentada e discutida neste artigo. A análise dessa perspectiva mostrou que a articulação entre os conhecimentos pedagógicos, tecnológicos e do conteúdo é intrínseca ao próprio processo formativo no respectivo Curso, que relaciona estes conhecimentos de forma transversal nas distintas atividades no decorrer do percurso formativo. Os professores do Curso compreendem e evidenciam a importância de promover a formação dos futuros professores de matemática contemplando diferentes aspectos do conhecimento profissional, e o fazem numa perspectiva de transversalidade na medida em que promovem o uso de diferentes tecnologias também nas atividades de planejamento e gestão do ensino. Os acadêmicos do Curso, por sua vez, percebem as possibilidades de uso dos recursos digitais de forma articulada à prática docente, tendo uma percepção crítica e reflexiva de uso destes recursos nas suas práticas sociais, em sua organização profissional e nas práticas profissionais cotidianas. Os documentos analisados, igualmente, apontam para a importância e as possibilidades da articulação das tecnologias no desenvolvimento de diferentes conhecimentos profissionais subjacentes à formação docente em matemática, bem como à futura prática de sala aula na educação básica dos acadêmicos do Curso.

 

Palavras-chave: Conhecimento Pedagógico, Tecnológico e do Conteúdo. TPACK. Formação Inicial de Professores de Matemática. Tecnologias Digitais.

 

Abstract

This paper, which is based on master research results concerning the perspectives of using digital technologies in mathematics teacher education, evidences and discusses transversal aspects of the articulation of digital technologies to the process of developing professional knowledge in teacher education. Based on the professional knowledge concept of Lee Shulman and on the theoretical construct related to pedagogical, technological and content knowledge – TPACK, the investigation aimed highlight perspectives to articulate technological, pedagogical and content (of math) knowledge in the distinct formative activities of a Mathematic Degree Course in a Brazil South’ federal public university. The empirical material of the research, which pursues a qualitative nature and bases on Bardin’ content analysis, was constituted from questionnaires and interviews realized with teachers and students of the Course, as well as analyses on teaching plans of all curricular components and distinct activities promoted during the Course. As result, we identified four categories: a perspective on teaching practice in Basic Education; perspective focused on the development of mathematical knowledge; perspective aimed at developing knowledge about technologies and their pedagogical possibilities; and perspective associated with transversal aspects to the teacher education and professional practice. In this article, we will discuss the last category. The analysis on this perspective highlighted that the articulation among pedagogical, technological, and content knowledge is inherent to the teacher education process of the Course, which relates this knowledge in a transversal way within the course’ disciplines. Teachers of the Course comprehend and evidence the importance to promote the education of prospective mathematics teachers taking into account the distinct professional knowledge aspects, and they do this on a perspective of transversally insofar as they also use technologies to plan and manage the teaching. Furthermore, students perceive the possibilities to use digital technologies in an integrated way to the teaching practice, developing a critical and reflexive perception related to the use of these resources in their social practices, professional organization, and everyday professional practices. Also, the documents analyzed point to the importance and possibilities arising from the articulation of digital technologies in the development of professional knowledge underlying to mathematics teacher education and future classroom practice in basic education of the Course’ students.

 

Keywords: Pedagogical, technological and content knowledge. TPACK. Prospective Teacher Education. Digital Technologies.

Biografia do Autor

Juliane Colling, Universidade Federal da Fronteira Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil. Centro Universitário FAI – UCEFF. SC, Brasil.

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS, Chapecó. Professora no Centro Universitário FAI - UCEFF Itapiranga, SC, Brasil. Rua Carlos Kummer, 100, Bairro Universitário, Itapiranga, SC, CEP 89896-000. E-mail: julianecolling@gmail.com.

Adriana Richit, Universidade Federal da Fronteira Sul, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil.

Doutora em Educação Matemática pela UNESP, Rio Claro, SP. Pós-doutora pelo Instituto de Educação da Universidade e Lisboa, Lisboa. Professora, nível associado, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS e Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFFS. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Matemática e Tecnologias-GEPEM@T e membro associado do Grupo de Pesquisa em Informática, outras Mídias e Educação Matemática-GPIMEM.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 1977.

CHAI, Ching Sing; KOH, Joyce Hwee Ling; TSAI, Ching-Chung. A Review of Technological Pedagogical Content Knowledge. Educational Technology & Society, v.16, n.2, p.31-51, 2013.

COLLING, Juliane. Perspectivas de articulação dos conhecimentos pedagógicos, tecnológicos e do conteúdo na formação inicial de professores de Matemática. 166f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Fronteira Sul. Chapecó, 2017.

GATTI, Bernardete A. Educação, escola e formação de professores: políticas e impasses. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 50, p. 51-67, out./dez. 2013. Editora UFPR.

HARRIS, Judith; MISHRA, Punya; KOEHLER, Matthew. Teachers’ Technological Pedagogical Content Knowledge and Learning Activity Types: Curriculum-based Technology Integration Reframed. Journal of Research on Technology in Education, v.41, n. 4, p. 393-416, 2009.

HOUAISS. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez, 2009.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. 2.ed. Campinas: Papirus, 2007.

KENSKI, Vani Moreira. Novas tecnologias: o redimensionamento do espaço e do tempo e os impactos no trabalho docente. Revista Brasileira de Educação, n.8, Mai/Jun/Jul/Ago,1998.

LANG, Affonso Manoel Righi; GONZÁLEZ, Fernando Jaime. A proposta teórica do Conhecimento Tecnológico Pedagógico de Conteúdo e a (sub)utilização das TIC na Educação Básica. Congreso Iberoamericano de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación. Anais.... Buenos Aires, 2014.

LÉVY, Pierre. As Tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradutor: Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

MISHRA, Punya; KOEHLER, Matthew. J. Introducing Technological Pedagogical Content Knowledge. Annual Meeting of the American Educational Research Association. Anais… New York City, March p.24-28, 2008

MISHRA, Punya.; KOEHLER, Matthew. J. Technological Pedagogical Content Knowledge: A Framework for Teacher Knowledge Teachers. College Record, v.108, n.6, June/2006. (p. 1017-1054)

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de Professores - saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v.22, n.2, jul./dez. 1996. p.72-89.

RICHIT, Adriana. Projetos em geometria analítica usando software de geometria dinâmica: repensando a formação inicial docente em Matemática. 215 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista UNESP, Rio Claro, 2005.

RICHIT, Andriceli. Formação de Professores de matemática da Educação Superior e as Tecnologias Digitais: aspectos do conhecimento revelados no contexto de uma comunidade de prática online. 596f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho. Rio Claro, 2015.

SHULMAN, Lee. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, v. 15, n. 2., Feb. 1986.

ZEICHNER, Kenneth M. A formação reflexiva de professores: Ideias e Práticas. EDUCA: Lisboa, 1993.

Publicado
2020-06-22
Seção
Artigos