Letramento Estatístico na Educação Infantil: Formação Continuada e Vivências

  • Flávia Luíza de Lira de Lira Universidade Federal de Pernambuco
  • Liliane Maria Teixeira Lima de Carvalho
  • Carolina Fernandes de Carvalho
  • Carlos Eduardo Ferreira Monteiro

Resumo

Resumo
Neste artigo, discutimos resultados de uma pesquisa cujo objetivo é analisar possibilidades do Letramento Estatístico em uma formação continuada de professores da Educação Infantil. Letramento Estatístico é a capacidade de compreender e analisar criticamente dados estatísticos presentes no cotidiano dos cidadãos. Pode ser desenvolvido desde cedo nas crianças a partir de situações de aprendizagem na Educação Infantil que envolvam os estudantes em problematizações que os façam refletir sobre dados. Nesta pesquisa, quatro professoras pertencentes a uma rede pública de ensino de um município pernambucano concordaram em participar da formação, realizada sob o formato de oficinas num contexto colaborativo, envolvendo discussões e vivências sobre etapas do ciclo investigativo. Fizemos três encontros de quatro horas cada. As docentes não haviam participado de formação continuada prévia sobre o ensino de Estatística e tinham limitada compreensão inicial sobre aspectos do Letramento Estatístico. Os encontros proporcionaram reflexões sobre a importância de considerar as perspectivas das crianças nas etapas do ciclo investigativo: escolha da problemática, recolha, organização, tratamento, análise e comunicação dos dados. Os resultados deste estudo demonstraram que abordagens interdisciplinares, sobretudo aquelas baseadas nas experiências e vivências das crianças, configuram-se como possibilidade pedagógica para o Letramento Estatístico na Educação Infantil.

Palavras-chave: Letramento Estatístico. Educação Infantil. Ciclo investigativo. Formação de professores.

Abstract
This article aims to discuss results of a research study that analyzed statistical literacy possibilities in continuing teacher education for early childhood education teachers. Statistical Literacy is an ability to understand and critically analyze statistical data presented in citizens’ daily lives. Young children can develop statistical literacy from early childhood education through learning situations which involve students in problematizations to reflect on data. The participants were four public school teachers of a municipality of Pernambuco, Brazil. They agreed to participate in teacher education workshops in a collaborative context, involving discussions and experiences on stages of the investigative cycle. We had three meetings of four hours each. The teachers never attended a continuous teacher education on the teaching of statistics and had limited basic understanding of aspects related to statistical literacy. The meetings promoted reflections on the importance of considering children's perspectives in the stages of the investigative cycle: choosing problems, collecting data, organizing, handling, analyzing and communicating data. The results suggested that interdisciplinary approaches, especially those based on children's experiences seem to have pedagogical possibilities for statistical literacy in early childhood education.

Keywords: Statistical Literacy; Early childhood education; Investigative Cycle; Teacher education.

Publicado
2021-02-11
Seção
Artigos