O QUE PESQUISAS HISTÓRICAS SOBRE DISCIPLINAS DE CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA BRASILEIROS REVELAM SOBRE ESSA FORMAÇÃO?

  • Maria Cristina Araújo de Oliveira

Resumo

O artigo analisa resultados do projeto de pesquisa A Formação de Professores de Matemática na Universidade Federal de Juiz de Fora: história das disciplinas de Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Analítica, Prática de Ensino de Matemática e História da Matemática. As investigações realizadas no âmbito do projeto tratam das trajetórias históricas das disciplinas mencionadas. Tomando como aporte teórico-metodológico a história cultural, os estudos se ancoraram na problematização de disciplinas acadêmicas a partir do campo da história das disciplinas escolares e dos conceitos de estratégias e táticas. Para o desenvolvimento do estudo histórico das disciplinas acadêmicas, as fontes constituíram objeto primordial. A fim de pesquisar os constituintes das disciplinas foram consultadas fontes documentais e orais, entre as quais citamos as Atas do Departamento de Matemática da UFJF, a Legislação Oficial, planos de ensino, cadernos de alunos e de professores, notas de aula de professores, depoimentos de docentes e de discentes. O uso das fontes na construção do conhecimento histórico requer um rigor teórico e metodológico que propicie uma atmosfera de objetividade e cientificidade. Os principais resultados obtidos revelam a importância da produção de conhecimentos produzidos a partir do campo de investigação da Educação Matemática, sobretudo na influência, nas transformações e na reconfiguração de disciplinas ministradas em cursos de licenciatura em Matemática; que, ao longo do tempo, vão se aproximando da prática docente dos professores nos diferentes níveis de ensino. O estudo histórico permitiu a identificação de uma cultura de reprovação diretamente relacionada aos padrões de qualidade dos cursos, mas revelou também que a renovação do grupo de professores que atuam nas licenciaturas, mais recentemente com formação em Educação Matemática, tem garantido mudanças no sentido de incluir e adaptar conhecimentos importantes e necessários à futura atividade docente dos licenciandos. A ampliação do corpo docente com formação em Educação Matemática cria assim uma perspectiva real de mudança na cultura, sobretudo na de reprovação.
Publicado
2015-06-18
Seção
Artigos