Influência dos Parâmetros de Usinagem na Rugosidade Superficial e no Perfil de Dureza do Aço AISI 316 L Submetido a Processo de Torneamento

  • Paulo Roberto Hoffmann Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Fernando Michelon Marques
  • Alexandre da Silva Rocha
  • Ariel Teixeira

Resumo

Resumo
A utilização de materiais resistentes a corrosão, e em substituição a materiais agredidos por agentes corrosivos, vem tomando proporções mundiais no setor industrial, alimentício e offshore, desde que estes possuam as mesmas características mecânicas dos materiais substituídos. O objetivo deste trabalho é abordar as relações existentes entre parâmetros de usinagem, geometria de ferramentas com a integridade superficial do aço inoxidável AISI 316L no processo de torneamento. Os testes realizados em torno CNC usando variações nos parâmetros de velocidade de corte e avanço da ferramenta. Enquanto no que diz respeito as ferramentas, foram variadas as dimensões dos raios de ponta dos insertos intercambiáveis, bem como a ausência de qualquer agente lubrirefrigerante. Onde, para cada condição foi realizada a medição da rugosidade média e a dureza do núcleo da amostra usinada e sua superfície, fazendo, posteriormente o comparativo dos testes. Foi verificado que o raio de ponta da ferramenta e o avanço tem uma maior influência na rugosidade superficial, enquanto a velocidade de corte não apresentou uma influência significativa. Os resultados também indicam que há uma variação de dureza da superfície usinada em relação ao núcleo das amostras, entretanto, cada condição indica diferentes valores de dureza, o que demostra que a variação dos parâmetros de corte também altera a integridade superficial de peças submetidas ao processo de usinagem.

Palavras-chave: Parâmetros de Usinagem. Torneamento. Acabamento. Rugosidade. Aço AISI 316 L

Abstract
The use of materials resistant to corrosion, and in substitution of materials attacked by corrosive agentes, has been taking on worldwide proportions in the industrial, food and offshore sectors, as long as these have the same mechanical characteristics as the replaced materials. The aim of this pape ris to address the existing relations between machining parameters, tool geometry and the surface integrity of AISI 316 L stainless steel in the turning process. The tests performed on the CNC lathe using variations in the cutting speed and tool feed parameters. While with regard to the tools, the dimensions of the tip radius of the interchangeable inserts were varied, as well as the absence of any lubricant coolant. Where, for each condition, the measurement of the average roughness of the core of the machined sample and its surface was performed, subsequently making the comparison of the tests. It was verified that the tool tip radius and the feed have a greater influence on the surface roughness, while the cutting speed did not have a significant influence. The results also indicate that there is a variation in the hardness of the machined surface in relation to the core of the samples, however, each condition indicates diferente values of hardness, which shows that the variation in cutting parameters also changes the surface integrity of parts submitted to the machining process.

Keywords: Machining parameters. Turning. Finish. Roughness. AISI 316 L steel.

Publicado
2021-02-03
Seção
Artigos