A Influência da Liderança Feminina Pela Percepção da Geração Y: um Estudo em Organizações Privadas na Cidade de Maringá/PR

  • Drieli Dias do Prado Universidade Estadual de Maringá, Curso de Administração. PR, Brasil.
  • Cleiciele Albuquerque Augusto Universidade Estadual de Maringá, Curso de Administração. PR, Brasil.
Palavras-chave: LIDERANÇA FEMININA, GERAÇÃO Y, EMPRESAS PRIVADAS

Resumo

Nos últimos anos entraram em pauta discussões acerca da liderança feminina, bem como das desigualdades entre os sexos, principalmente, no que se refere aos diferentes tipos de gerações, cargos de liderança e salários. Diante disso, o objetivo geral deste trabalho foi compreender a influência da liderança feminina da geração Y, em organizações na cidade de Maringá. Para tanto, buscou-se identificar o estilo de liderança adotado pelas entrevistadas, se as entrevistadas possuem dificuldades em se inserir no mercado de trabalho e identificar se as características típicas da geração Y influenciam as ações das entrevistadas. Para atender ao objetivo proposto, foi feita uma pesquisa de natureza qualitativa, do tipo descritiva, com abordagem teórica-empírica. Os dados primários foram coletados, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com quinze líderes femininas. Os resultados obtidos revelaram que a influência da liderança feminina não versa, exclusivamente, sobre fatores extrínsecos à equipe (como resultados), mas que a liderança feminina possui influência em fatores intrínsecos, ou seja, no pessoal e no emocional de cada membro da equipe. Sendo o ser humano complexo e formado pela vida pessoal e profissional, se a vida pessoal estiver adequada, consequentemente, a vida profissional também estará adequada e tenderá ao maior desempenho. Concluiu-se, que além do gênero e da faixa etária da líder, o estilo de liderança adotado também é relevante nas características possuídas e no desempenho apresentado.

Palavras-chave: Liderança feminina. Geração Y. Empresas privadas.

Abstract

In recent years, discussions about female leadership entered on the agenda, as well as inequalities between the sexes, mainly in what refers to different types of generations, leadership positions and salaries. In addition, the overall objective of this work was to understand the influence of the female leadership of Generation Y in organizations in the city of Maringá. For both, it was sought to identify the leadership style adopted by the interviewees, if the interviewees have difficulties in entering the labor market and identify whether the typical characteristics of Generation Y influence the interviewees’ actions. To meet the proposed objective, a research was made of a qualitative nature, descriptive, with empirical- theoretical approach. The primary data were collected through semi-structed interviews conducted with 15 women leaders. The results obtained showed that the influence of the female leadership does not deal exclusively with extrinsic factors to the team (such as results), but that the female leadership has influence on intrinsic factors, i.e., at the personal and emotional of each member of the team. Being the human being complex and formed by the personal and professional life, if the personal life is adequate, consequently the professional life will also be appropriate and will tend to exhibit higher performance. It is concluded, that besides the gender and age of the leader, the leadership style adopted is also relevant in the characteristics possessed and performance presented.

Keywords: Female leadership. Generation Y. Private companies

Biografia do Autor

Drieli Dias do Prado, Universidade Estadual de Maringá, Curso de Administração. PR, Brasil.
GRADUADA EM ADMINISTRAÇÃO PELA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
Cleiciele Albuquerque Augusto, Universidade Estadual de Maringá, Curso de Administração. PR, Brasil.
DOUTORA EM ADMINISTRAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
Publicado
2018-06-30
Seção
Artigos Originais