Prazer e Sofrimento no Trabalho: Estudo com Servidores de uma Editora e Gráfica Universitária de uma Instituição Pública Federal de Ensino Superior de Minas Gerais

  • José Paulo de Freitas Centro Universitário Unihorizontes, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração. MG, Brasil.
  • Fernando Coutinho Garcia Centro Universitário Unihorizontes, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração. MG, Brasil.
Palavras-chave: Psicodinâmica do trabalho. Prazer no trabalho. Sofrimento no trabalho. Gráfica universitária.

Resumo

Este estudo teve por objetivo analisar o prazer e o sofrimento vivenciados na percepção de servidores públicos federais que desenvolvem atividades em uma Editora e Gráfica de uma Instituição Pública Federal de Ensino Superior de Minas Gerais. Foi realizada uma pesquisa descritiva, com abordagem de caráter qualitativo. A coleta de dados se deu por meio de 10 entrevistas semiestruturadas com servidores que atuam na gráfica universitária da instituição pesquisada. Os resultados apontaram que os servidores pesquisados consideram o ritmo de trabalho adequado à realização das tarefas, as relações socioprofissionais são satisfatórias, tendo em vista que a distribuição de tarefas ocorre de forma harmoniosa. O custo físico foi considerado leve devido à natureza da função e o custo afetivo adequado. Com relação às vivências de prazer no trabalho, os entrevistados disseram estar satisfeitos e motivados, além de se sentirem gratificados por desenvolver um bom trabalho. No que diz respeito às vivências de sofrimento, os servidores se sentem inseguros no que se refere aos direitos e garantias assegurados ao servidor público, tendo em vista o cenário de mudanças vivenciado no país. Os entrevistados utilizam estratégias individuais para lidar com o sofrimento. No que tange aos danos físicos estes estão associados a lesões na coluna, obesidade e fadiga muscular. Quanto aos danos psicossociais, estes acontecem por meio de cobranças dos familiares por não concordarem com situações relacionadas ao trabalho, bem como pelo estresse vivenciado.

Palavras-chave: Psicodinâmica do Trabalho. Pratica Laboral. Trabalhadores.

Abstract

The purpose of this study was to analyze the pleasure and suffering experienced in the perception of federal public servants who work in an Editora e Gráfica of a Federal Public Institution of Higher Education in Minas Gerais. A descriptive research was carried out, with a qualitative approach. The data collection was done through 10 semi-structured interviews with servers that work in the university graphic of the institution researched. The results pointed out that the servers studied consider the work rhythm adequate to perform the tasks, the socio-professional relations are satisfactory, considering that the distribution of tasks occurs in a harmonious way. The physical cost was considered light due to the nature of the function and the appropriate affective cost. With regard to the experiences of pleasure at work, respondents said they are satisfied and motivated, and feel gratified to develop a good job. Regarding the experiences of suffering, the servers feel insecure regarding the rights and guarantees guaranteed to the public servant, in view of the scenario of changes experienced in the country. Respondents use individual strategies to deal with suffering. With regard to physical damage these are associated with spinal injuries, obesity and muscle fatigue. As for psychosocial damages, these occur through the collection of relatives because they do not agree with situations related to work, as well as experienced stress.

Keywords: Psychodynamics of Work. Labor Practice. Workers.

Publicado
2019-06-28
Seção
Artigos Originais