Ferramenta para Análise e Gestão de Custos da Atividade Cafeeira em Pequenas e Médias Propriedades Rurais

  • Luiz Felipe Sacardo BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A
  • Michele Ribeiro Ramos UNITINS

Resumo

Resumo
O Agronegócio é responsável por cerca de ¼ das riquezas geradas anualmente no Brasil. Dentro deste universo a cultura cafeeira é responsável por cerca de 10% do volume total das exportações deste setor. A viabilidade da produção cafeeira em qualquer escala depende fortemente da agregação de qualidade no produto final, eficiência nos processos e o controle dos custos da atividade. Os pequenos e médios cafeicultores, de maneira geral, ainda carecem de uma estrutura administrativa que lhes permita conhecer e gerencia adequadamente suas finanças, apesar de existir uma consciência da necessidade do conhecimento e gerenciamento dos custos de produção o que ainda vemos são as finanças das atividades sendo misturadas com as finanças pessoais, impossibilitando qualquer tipo de análise precisa e ainda, uma forte tendência de subjugar os custos e despesas e de inflacionar os resultados finais, mesmo que estes não estejam explícitos. Fatores como má administração do fluxo de caixa ou até mesmo menosprezo por pequenas despesas no cálculo do resultado podem ser o diferencial entre aqueles produtores que prosperam e aqueles que têm de deixar a atividade.

Palavras-chave: Microanálise de Empresas Agrícolas. Modelos Econométricos e de Entrada-Saída. Investimento.

Abstract
Agribusiness is responsible for about ¼ of the wealth generated annually in Brazil. Within this universe, coffee culture is responsible for about 10% of the total export volume of this sector. The viability of coffee production on any scale strongly depends on the aggregation of quality in the final product, process efficiency and cost control of the activity. With the administrative modernization of the activity efficiency is gained, and with the efficiency gain opportunities for greater financial gain arise, either through cost reduction or revenue increase. Small and medium coffee farmers, in general, still lack an administrative structure that allows them to know and manage their finances properly, although there is an awareness of the need for knowledge and management of production costs. What we still see is the finances of the activity mixed with personal finances, precluding any kind of precise analysis and yet a strong tendency to subjugate costs and expenses and to inflate final results, even if they are not explicit. Factors such as poor cash flow management or even contempt for small expenses in calculating income may be the difference between those who thrive and those who have to leave the business.

Keywords: Micro Analysis of Farm Firms. Econometric and Input-Output Models. Investment.

Publicado
2021-01-19
Seção
Artigos Originais