A tradução de humor, cultura e valores na legendagem do filme 'Como treinar seu dragão'

  • Soraya Ferreira Alves
  • Karine Simões Alencastro

Resumo

Este artigo visa descrever aspectos do processo de tradução das legendas do filme Como Treinar Seu Dragão relacionados à cultura e aos valores presentes nas atitudes dos personagens, bem como apresentar sugestões que vão ao encontro de estudos sobre tradução de humor, adaptação e padrões de legendagem. Pretende-se, com isso, refletir sobre o ensino-aprendizagem da tradução audiovisual que, além da complexidade inerente à prática tradutória, deve levar em conta, neste caso específico, que filme é um meio de comunicação audiovisual com sistema de linguagem repleto de multicódigos que requerem um pré-julgamento da estrutura fílmica para o discernimento da sua plurissignificação, bem como o fato de estar condicionada a limitações técnicas. Dessa forma, é montado um modelo de análise e execução baseado em estratégias propostas por Perego (2009); Vinay e Darbelnet (1977) e no conceito de adaptação como estipulado por Baker (2007). Ademais, é intuito aqui discutir e exemplificar como o ensino e aprendizagem da prática de tradução pode se enriquecer à medida em que são suscitadas reflexões sobre o processo de tradução e as implicações das escolhas efetuadas pelos alunos.
Publicado
2015-07-07
Seção
Artigos