Perfil dos pacientes vítimas de acidente de trânsito, atendidos na clínica de fisioterapia da Unic no ano de 2005 a 2008

  • Carlos Alberto Rosa da Silva Filho
  • Emanuel Sandro dos Reis
  • Ivana Gláucia Paes de Barros

Resumo

Entre os desfechos da violência em acidentes de trânsito, temos os traumas. Para a caracterização dessas vítimas, dependemos de vários aspectos, tais como o tipo de acidente, trauma, sexo e idade. O presente estudo tem por objetivo traçar o perfil das vítimas atendidas na Clínica de Fisioterapia da Universidade de Cuiabá (UNIC) após acidente de trânsito. Fizeram parte desse estudo, 89 pacientes, atendidos no setor de Ortopedia e Traumatologia de 2005 a 2008. Determinou-se que as vítimas deveriam apresentar a média de idade de 33,18 anos, prevalência dos acidentes sobre o sexo masculino com 79,5%, maior frequência para os acidentes de motocicleta com 71,6% e entre os locais de lesão mais importante, tivemos os Membros Inferiores (MMII), com 59,1%. Comparando sexo e tipo de acidente, os homens foram mais envolvidos em acidentes com motocicleta que as mulheres. Já as mulheres estiveram mais envolvidas em acidentes com carro que o sexo oposto. Os resultados obtidos mostraram que a idade predominante das vítimas varia entre 19,8 a 47,28 anos, tendo os homens como principal vítima, envolvimento de motocicletas na maioria dos casos e sendo os MMII lesados com maior frequência.

Publicado
2015-07-02
Seção
Artigos